Portal IFNMG - Embaixadores do IFNMG participam da 20ª edição do MINIONU, na PUC Minas Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Embaixadores do IFNMG participam da 20ª edição do MINIONU, na PUC Minas

Publicado: Quinta, 31 de Outubro de 2019, 16h38 | Última atualização em Quinta, 31 de Outubro de 2019, 16h56
Delegação do IFNMG contou com 37 estudantes que participaram do evento em Belo Horizonte. O MINIONU é o maior evento de simulação dos comitês da ONU na América do Sul
imagem sem descrição.

Estudantes dos campi Almenara, Araçuaí, Januária, Salinas e Teófilo Otoni representaram o IFNMG em um modelo de simulação de embaixadores da Organização das Nações Unidas (ONU). O MINIONU é o maior evento de simulação dos comitês da ONU na América do Sul e ocorreu na PUC-Minas, em Belo Horizonte/MG, entre os dias 12 e 15 de outubro.

Em 2019, o evento completou a sua 20ª edição. Ao longo destes anos, estudantes de escolas públicas e particulares se reuniram em delegações diplomáticas para negociarem e debaterem questões de ordem geopolítica, histórica, ambiental, entre outras, com o objetivo de proporem soluções e novas perspectivas para o mundo.

Os diplomatas do IFNMG foram selecionados entre os destaques do projeto integrador IFMUNDO, que este ano envolveu mais de 3.500 alunos do ensino médio. Karolaine Pinheiro, Secretária-Geral do IFMUNDO-Almenara em 2019, participou pela terceira vez do MINIONU e nos contou um pouco de sua experiência: “Quando eu participei pela primeira vez debati sobre a escravidão e como ela ainda está escondida na sociedade. Porém se me perguntassem como o evento me atingiu eu falaria que melhorou minha oratória. Agora, depois da terceira edição, acredito que o MINIONU proporciona uma constante mudança que se reafirma durante as simulações e perpetua ao chegarmos no nosso meio de convívio; você começa a se sensibilizar com temas que não interferem diretamente na sua realidade. É uma transformação mais que acadêmica. É a utilização do diálogo para o desenvolvimento da empatia”.

Neste ano, Karolaine representou o Peru em um comitê que discutiu, em espanhol, a crise migratória nas Américas. Destaque-se, também, a participação de delegações no comitê que debateu a, em língua inglesa, a crise na Venezuela. Questionado sobre a sua participação no Comitê de Direitos Humanos, que possuía como língua oficial o espanhol, Ezequiel Andrade (Almenara) disse: "Participar do comitê de espanhol foi algo espetacular, já que as simulações em língua espanhola sempre me proporcionaram um enorme aprimoramento no idioma, assim como num melhor engajamento nos debates e ampliação da perspectiva de mundo. O comitê, indubitavelmente, foi uma experiência imensurável, já que me tornou um cidadão mais crítico e me fez gostar ainda mais da língua”.

Foto 3

Aluna do IFNMG discursando sobre a questão da voz da juventude na América Latina

Participação docente

Os professores acompanhantes também tiveram uma programação farta, com palestras sobre as diferentes temáticas relacionadas aos direitos humanos, minicursos sobre imigração, refugiados e sobre aspectos da cultura brasileira que se relacionam com a cultura africana. Participaram, também, de uma simulação da ONU com a temática da inovação e internacionalização da educação.

Januária, Salinas e Teófilo Otoni enviaram representantes ao MINIONU pela primeira vez. O estudante Thallyson Fernando dos Santos, do campus Januária, relatou a experiência da seguinte forma: “É imensurável a satisfação e o conhecimento obtido com o MINIONU. As discussões acerca dos temas propostos são de grande valia para nós estudantes, pois além de fomentar a não discriminação de culturas diferentes, ensina-nos a respeitar posicionamentos diferentes dos nossos próprios ideais. O MINIONU com certeza contribui para a formação de cidadãos dispostos a resolver problemas com base no diálogo. Infelizmente, não estarei presente na próxima edição, mas espero que os próximos discentes aproveitem bastante essa experiência e que o MINIONU possa proporcionar a eles um grande aprendizado, assim como me proporcionou”.

Em sua segunda participação, o campus Araçuaí foi representado por Mirelly Ferreira, que debutou no evento e nos relatou as suas impressões: "O MINIONU foi algo incrível, nunca havia presenciado algo tão grandioso e me sentido parte de algo tão importante! Através do evento pude conhecer pessoas incríveis, vários pontos de vista sobre um tema, ganhar uma gama de conhecimentos, e o mais importante, conhecer pessoas motivadas por um pensamento transformador! Foi emocionante cada dia presenciado ali, cada conhecimento novo e estímulo para inovar mais em relação aos assuntos debatidos”.

Texto redigido por Halerrandro Brito e Luan Silva (estudantes do IFNMG)

Fim do conteúdo da página