Portal IFNMG - Professor do IFNMG desenvolve site para auxiliar pequenos agricultores de Janaúba a venderem seus produtos pela internet Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Professor do IFNMG desenvolve site para auxiliar pequenos agricultores de Janaúba a venderem seus produtos pela internet

Publicado: Segunda, 23 de Março de 2020, 09h12 | Última atualização em Segunda, 23 de Março de 2020, 09h20
imagem sem descrição.

Com o necessário isolamento para evitar maior propagação do coronavírus, muitos agricultores familiares se veem de repente sem poder comercializar seus produtos nas feiras, praças, e mercados em que sempre estiveram. E a população, tendo que evitar sair de casa, está com dificuldades para fazer suas compras ou para ter produtos orgânicos e de qualidade. Mas com a internet e com a colaboração de parceiros, é possível inovar para driblar essa adversidade momentânea. 

Com esse espírito que a prefeitura de Janaúba, a Emater e o IFNMG - Campus Avançado Janaúba trabalharam rápido para colocar a disposição dos clientes os contatos e as informações de pequenos feirantes da cidade para assim facilitar a venda das frutas, verduras e hortaliças. 

O site "Feira da Agricultura Familiar Online/Delivery" foi criado pelo professor de informática do Campus Avançado Janaúba, Rômulo Silveira Ramos, após solicitação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Agronegócios, e traz o nome e o telefone dos feirantes, os produtos e a unidade dos produtos que cada um tem disponível e o horário em que podem entregar. O site traz também as informações básicas da venda, como o preço mínimo (R$ 10) e que a entrega e o valor de pagamento são combinados com cada feirante, e informações sobre os cuidados com a compra, como manter distância do entregador, lavar as mãos e as sacolas e higienizar todos os produtos separadamente. O pedido é feito pelo Whatsapp e entregue por um mototaxista ou pelo próprio agricultor.

Clique aqui para acessar o site.

 "Com o Decreto Municipal proibindo o funcionamento das feiras livres, pensamos nesse método para continuar fornecendo os alimentos de qualidade para a comunidade, desaglomerar os supermercados e manter o desenvolvimento agrário, considerando que muitos desses feirantes vivem exclusivamente da renda do que produzem na roça", diz o diretor de agronegócios, João Rafael Janas, que explica que foram selecionados agricultores que não estão no grupo de risco e que a produção é assistida pela Emater ou pela Secretaria. Segundo o diretor, são inicialmente dez agricultores cadastrados, que farão rodízio para que sejam atendidos mais produtores e compradores. 

"O site é bem simples e básico, feito inclusive sem custo, mas tem grande potencialidade em ajudar os pequenos produtores de Janaúba, e pode servir de exemplo para que prefeituras e outras instituições coloquem em prática ideias semelhantes, contribuindo com os vendedores, que estão momentaneamente sem poder vender nas ruas, e com os compradores, que devem evitar sair de casa", disse o professor Rômulo.

Fim do conteúdo da página