Portal IFNMG - Campus Arinos realiza a VI Muestra cultural – Día de la Hispanidad Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Campus Arinos realiza a VI Muestra cultural – Día de la Hispanidad

Publicado: Sexta, 10 de Novembro de 2017, 09h24 | Última atualização em Sexta, 10 de Novembro de 2017, 14h19

VI Muestra Cultural – Día de la Hispanidad movimenta o IFNMG - Campus Arinos

O mês de outubro foi marcado, no Campus Arinos, pelo evento cultural mais esperado do ano, tanto pelos alunos quanto pela comunidade: a VI Muestra Cultural – Día de la Hispanidad. Evento interdisciplinar, organizado pelo professor de língua espanhola Thiago Lamonier Souza Gomes, a Hispanidade envolveu as disciplinas Língua Espanhola, Língua Portuguesa, Geografia, História e Sociologia num Projeto de Ensino Integrador durante todo o dia 19 de outubro, com exposições nas salas de aulas durante a manhã e, pela noite, apresentações artísticas no auditório do campus.
Hispanidade (em espanhol: Hispanidad) é a comunidade formada por todos os povos e as nações que compartilham da língua e da cultura espanhola, isto é, todos os vinte e um países que têm o espanhol como língua oficial. São mais de 400 milhões de falantes no mundo, sendo que essa Língua, segundo Ethnologue apud Martín Ivan, é a quarta mais falada no mundo, atrás apenas do Chinês, Inglês e Hindu. Dessa forma, o principal objetivo do Projeto de Ensino é divulgar a cultura hispânica, numa perspectiva de ensino/aprendizado da Língua Espanhola.

Os alunos prepararam o evento durante dois meses, expondo na manhã do dia 19/10 diversos aspectos dos países Uruguai, Costa Rica, Nicarágua, Guatemala, Venezuela, Chile, Bolívia, Argentina, El Salvador, Equador, Porto Rico, Espanha, Peru, Paraguai, Colômbia, Honduras, México, República Dominicana, Panamá, Guina Equatorial e Cuba. Avaliadores internos e externos circularam pela exposição avaliando a apresentação artística, a decoração da sala, a explicação acerca do turismo, política, esportes, festas populares, símbolos pátrios, artes e gastronomia.

A sala temática da Guatemala apresentou um tapete confeccionado com serragem e tintas variadas, representando a cerimônia de Corpus Christi, enquanto a sala do Uruguai representou uma família daquele país, com seus hábitos e costumes.
As portas das salas temáticas também foram decoradas com bastante capricho, procurando representar características marcantes dos países, como a sala da Venezuela, que teve a decoração externa voltada às questões políticas que movimentam o país.
Vale destacar que algumas turmas organizaram a exposição valorizando conhecimentos adquiridos nas disciplinas técnicas, como o óculos em 3D confeccionado pelos alunos da turma de 2° ano de Informática, através do qual se podia visitar pontos turísticos da Nicarágua. Experiência única para quem visitou a sala.

Ainda durante a manhã, os visitantes puderam acompanhar apresentações de danças típicas dos países hispânicos e saborear itens da culinária local. Uma sala bastante visitada foi a da Argentina, em que os alunos reproduziram o ambiente de um bar noturno, como apresentação de tango e serviço de empanadas, sangria e sorvete com doce de leite. Destaque também à representação de um cassino pela equipe que apresentou o Panamá e de um sacerdote asteca que contava a história do México.

A parte noturna da mostra cultural agitou o auditório do Campus Arinos com apresentações de números musicais característicos de cada um dos vinte e um países hispânicos. A festa teve início com a entrada das bandeiras nacionais e com um belíssimo número de tango apresentado pelo professor Thiago Lamonier e a pela aluna Sara Kanadani. Logo em seguida, o público reagiu com palmas e gritos eufóricos às apresentações dos alunos que empreenderam muitos esforços neste projeto e que merecem muitos elogios.

Confira algumas imagens a seguir e mais detalhes no vídeo produzido pelos alunos do Grêmio Estudantil do Campus Arinos, disponível em https://www.youtube.com/watch?v=V4vWilBLAVs&feature=youtu.be.

Com a palavra, o organizador:

Segundo o professor Thiago Lamonier, a Muestra Cultural - Día de la hispanidad representa a conexão entre os saberes.
“Trabalhamos a cultura hispânica de forma integrada, a partir da perspectiva geográfica, histórica, sociológica e literária. É o momento de adentrarmos na cultura dos países que têm o espanhol como língua oficial. O evento já faz parte da identidade do Campus Arinos, por isso sua importância para a construção da educação de excelência que almejamos”.

Parabéns aos alunos que realizaram a mostra e aos professores orientadores!

Clique aqui e veja as fotoso do evento.

Fim do conteúdo da página