Portal IFNMG - O IFNMG Campus Arinos inicia o ano letivo com ações voltadas à motivação e à ação pedagógica interdisciplinar Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

O IFNMG Campus Arinos inicia o ano letivo com ações voltadas à motivação e à ação pedagógica interdisciplinar

Publicado: Sexta, 09 de Fevereiro de 2018, 14h56 | Última atualização em Sexta, 09 de Fevereiro de 2018, 15h03
imagem sem descrição.

O ano letivo de 2018 começou com um período de ambientação voltado a servidores técnicos e docentes no IFNMG Campus Arinos. Carlos Esau, de Santa Cruz do Sul/RS, esteve, pela manhã, com os técnicos administrativos na quarta, dia 31 de janeiro, e com os docentes na quinta, dia 1° de janeiro. Foram duas palestras sobre motivação, planejamento e criatividade. Por meio de dinâmicas e exposição oral, o coaching abordou pontos como: planos, objetivos, felicidade e sucesso profissional.

Dentre as falas mais significativos de Carlos, está: “É preciso compreender que há pessoas que querem as coisas e pessoas que fazem as coisas”, no sentido de provocar ações e reações no público.

O coaching realizou, ainda, uma prática de definição de objetivos com os técnicos administrativos, nos planos pessoal, profissional, financeiro e espiritual. Com dos docentes, realizou exercícios de criatividade, pensando em possíveis ações para a sala de aula e na mudança de postura, valorizando ações proativas e, como enfatizou, “fora da caixinha”.

Na tarde do dia 31, os técnicos administrativos estiveram com a Coordenação de Gestão de Pessoas, conversando sobre temas relacionados ao plano de carreira, entre eles, a progressão por mérito.

Já os docentes, na tarde do dia primeiro, receberam representantes da PROEN – Pró-reitoria de Ensino – que apresentaram o planejamento do Ensino para 2018. Os professores Roberto Marques – Diretor de Ensino Superior – e Thiago Lamonier – Coordenador de Programas e Projetos – palestraram sobre temas que interessam diretamente aos docentes, como: elaboração de diretrizes para a Educação Profissional Técnica de Nível Médio, orientações sobre a Base Nacional Comum Curricular, reestruturação dos cursos de licenciatura, práticas pedagógicas inovadoras de Cursos Superiores, adequação de projetos junto à Pró-reitoria de Extensão do IFNMG, participação em comitê de ética externo ao IFNMG, construção do PDI e outros.

A PROEN apresentou, ainda, uma prévia do calendário de eventos para 2018, ressaltando a importância do V Encontro de Ensino 2018 e do I Simpósio de Práticas de Ensino, que este ano será no Campus Diamantina, ainda no primeiro semestre. Apresentaram, também, eventos como I IF Mundo do IFNMG, que representa uma Míni ONU; FORGRAD, evento externo ao IFNMG; ESUD e FDE. Com previsão, mas sem dada definida, os representantes da reitoria falaram sobre o Seminário Nacional de Ensino Médio Integrado, que permitirá a troca de experiência entre docentes de diversos campi do IFNMG e convidados.

Dentro das diretrizes estratégicas da PROEN, foram apresentados diversos eixos que provocaram várias pergunta dos docentes, como: Curso de Formação Pedagógica (EPT), Curso de Recepção Docente, implantação do sistema acadêmico CAJUÍ, Plano de Permanência e Êxito e outros.

Encerrando a tarde do dia primeiro, os docentes receberam a professora Iza Cotrim, do Campus Januária, para falar sobre o tema “Currículo: Conceitos e Arranjos”. A professora é mestre em Educação e já visitou o sistema de ensino finlandês, um dos mais avançados do mundo em se tratando de índices de desempenho educacional.

A professora iniciou sua palestra fazendo com que os docentes interagissem com ela via celular, o que agradou bastante à plateia. Posteriormente, apresentou características de uma modelo interdisciplinar de currículo, sem a divisão em disciplinas, por exemplo. Entre suas falas de destaque, estão “o mundo real é interdisciplinar, mas a escola não é”.

Segundo a professora Iza, os professores continuam desenvolvendo conteúdos de forma compartimentada. Em uma crítica bem fundamentada, a convidada registrou que professores de áreas propedêuticas precisam se aproximar dos de área técnica, pois o IFNMG oferta a formação profissional com todos os componentes da propedêutica, dando acesso a todo conhecimento produzido pela humanidade, e esse foco na formação técnica não pode ser colocado em segundo plano, mas, sim, aliado – a todo momento – às disciplinas da Base Comum.

Esse modelo já vem sendo pensado no IFNMG, ressaltando a importância de conhecimento e interdisciplinaridade caminharem juntos.

O dia 02 de fevereiro também foi destinado ao acolhimento docente. Pela manhã, os professores assistiram a uma palestra com o núcleo pedagógico do Campus Arinos, com o tema “A Importância do Planejamento e seus instrumentos: Plano de Ensino e Plano de Aula”. Logo após, participaram de um grupo de trabalho sobre possibilidades de trabalho conjunto à luz dos PPCs, e, divididos em grupos por áreas do conhecimento, elaboraram propostas de ações interdisciplinares.

O período da tarde seguiu com uma fala das técnicas administrativas responsáveis pelo registro escolar, Luciana e Jussara, sobre os sistemas acadêmicos que serão utilizados em 2018: Cajuí para os cursos superiores e Sagu para os integrados. As servidoras esclareceram várias dúvidas a respeito de ambos e fizeram uma reflexão sobre a importância de manter os dados atualizados. Em seguida, professores e Coordenação de Ensino se reuniram para a realização de Conselho de Classe Extraordinário.

As atividades foram intercaladas a técnicas de dinamização, realizada pela pedagoga do Campus Arinos, Ursulina.

 

Clique aqui e confira as fotos do evento.

Fim do conteúdo da página