Portal IFNMG - Mulheres Mil Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Mulheres Mil

Publicado em Segunda, 23 de Julho de 2012, 11h28 | Última atualização em Segunda, 23 de Julho de 2012, 11h28

O Mulheres Mil está inserido no conjunto de prioridades das políticas públicas do governo do Brasil, especialmente nos eixos promoção da equidade, igualdade entre sexos, combate à violência contra a mulher e acesso à educação. O programa também contribuiu para o alcance das Metas do Milênio, promulgada pela ONU em 2000 e aprovada por 191 países. Entre as metas estabelecidas estão a erradicação da extrema pobreza e da fome, promoção da igualdade entre os sexos e autonomia das mulheres e garantia da sustentabilidade ambiental.

Estruturado em três eixos - educação, cidadania e desenvolvimento sustentável - o programa favorece a inclusão social, por meio da oferta de formação focada na autonomia e na criação de alternativas para a inserção no mundo do trabalho, para que essas mulheres consigam melhorar a própria qualidade de vida e de suas comunidades.

Executado em sistema de cooperação entre os governos brasileiro e canadense, no Brasil, é implementado pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec/MEC), Assessoria Internacional do Gabinete do Ministro (AI/GM), Agência Brasileira de Cooperação (ABC), Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia. O governo canadense é representado pela Agência Canadense para o Desenvolvimento Internacional (Cida/ACDI) e pela Associação dos Colleges Comunitários do Canadá (ACCC) e colleges parceiros.

O Mulheres Mil tem como objetivo oferecer as bases de uma política social de inclusão e gênero, por meio do qual mulheres em situação de vulnerabilidade social têm acesso a educação profissional, emprego e renda. O programa parte das ações do programa Brasil Sem Miséria, articulado com a meta de erradicação da pobreza extrema, estabelecida pelo governo federal. Ele foi instituído pela Portaria do MEC nº 1.015, do dia 21 julho de 2011, publicada no Diário Oficial da União do dia 22 de julho, seção 1, página 38.

O IFNMG passou a fazer parte do programa no ano de 2011 e atualmente conta com três núcleos, sendo eles, o Campus Almenara, o Campus Araçuaí e o Campus Salinas. A Pró-Reitoria de Extensão (Proex) em conjunto com os órgãos responsáveis pela extensão nos campi do IFNMG são os responsáveis pela implementação do programa.

Programa Mulheres Mil no IFNMG

- Campus Araçuaí: Projeto Mulheres Mil Esperanças
São ofertados os cursos de Artesanato, Cuidador de idoso/infantil, Fabricação de produtos de limpeza e Hortifrúti.
Mais informações aqui.

- Campus Almenara: Projeto Mulheres do Vale
São ofertados os cursos de Pintura em cerâmica e vidro, Pintura aquarela, Bordado ponto cruz e crochê e Cuidador infantil.
Mais informações aqui.

- Campus Salinas: Projeto Mulheres Cidadãs
Os cursos a serem ofertados pelo Campus Salinas ainda serão definidos em conjunto com as alunas do programa.
Mais informações aqui.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página

CNPqcarta ao cidadaoPeriodicosPortal da TransparênciaSiape.netMelhores Práticas