Portal IFNMG - Noite de autógrafos e de lançamento de livro escrito por estudantes movimenta o Campus Montes Claros Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Noite de autógrafos e de lançamento de livro escrito por estudantes movimenta o Campus Montes Claros

Publicado: Terça, 11 de Junho de 2019, 17h45 | Última atualização em Quarta, 12 de Junho de 2019, 16h11
O livro contém 53 textos inéditos. Os autores fizeram questão de autografar os exemplares
imagem sem descrição.

Foram realizados nessa segunda-feira, 10 de junho, no auditório do Campus Montes Claros, a Noite de Autógrafos e o lançamento do livro Efêmera (In)constância: Vozes no Tempo. Composta por poemas, crônicas e contos, escritos por alunos dos cursos técnicos integrados ao ensino médio, a coletânea foi organizada pela professora Gilda Maria Rodrigues Fonseca, idealizadora e coordenadora dessa proposta. O evento contou com a participação de servidores do Campus e da Reitora, de alunos, egressos e de seus familiares.

A publicação e o lançamento do livro representam a culminância de um projeto de ensino denominado "Noite de autógrafos", desenvolvido durante o ano de 2018, que contou, também, com a colaboração dos professores Júlio Vieira, Juliana Quintino, Maria Aparecida Colares e Valesca Rodrigues. Como as ações de linguagem requerem trabalhos constantes, esse projeto tinha como propósito desenvolver a competência de ler e escrever dos estudantes das três séries dos cursos técnicos integrados em Química e Informática, do Campus Montes Claros.

“O nosso objetivo foi criar um espaço em que os alunos pudessem exteriorizar suas práticas de leitura e escrita desenvolvidas em sala de aula. Essas ações de linguagem requerem trabalhos constantes, por isso este projeto visou incentivar os nossos estudantes ao interesse pela autoria que promove a criatividade, o interesse pela leitura e o aperfeiçoamento da escrita cada vez mais exigida na sociedade contemporânea”, explica a professora Gilda Maria.

Durante o coquetel comemorativo, o público foi presenteado com o livro, que contém 53 textos inéditos. Os autores fizeram questão de autografar os exemplares. Os convidados ainda assistiram a um espetáculo artístico marcado por declamação de poesia, apresentações musicais e muita emoção.

Foto 3 copiar

O grupo "As Geórgias" - composto por Cleo Mendes, Maria Aparecida Colares, Karla Celene, Maria Aparecida Neri e Jeferson Sousa - complementou essa noite de encantamentos com performances poéticas de textos selecionados do livro recém-lançado

O resultado de um trabalho em equipe

Ao apresentar os dezenove autores no palco, a professora Gilda comparou o acesso ao conhecimento a um tesouro que devemos acumular cada vez mais, de modo ilimitado. Ao reconhecer a importância desse projeto no processo de formação dos seus alunos, enfatizou a importância do trabalho coletivo e o valor da educação, que se assemelha a uma rede em que todos os elos precisam ser atuantes.

Durante a sua fala, o diretor-geral do Campus Montes Claros, professor Renato Cota, destacou a importância do trabalho coletivo e reafirmou seu compromisso em auxiliar na realização de ações que tornem visíveis os múltiplos talentos dos nossos alunos. Ao elogiar a qualidade dos textos que integram o livro, chamou a atenção para o poema “Aprendendo a ser adulta”, de autoria de Samily Macêdo, com o qual se recordou do seu tempo de estudante que precisou se afastar de casa para estudar, realidade vivida por muitos que fazem parte do IFNMG. Georgia Nilsa Veloso Macedo e Sandro Leal Macedo, que vieram da cidade de Coração de Jesus somente para prestigiar a filha poetisa, emocionaram-se durante a leitura. Para Georgia, apesar de ter sido muito difícil deixar uma menina de apenas 14 anos se mudar sozinha para outra cidade, a escolha pelo IFNMG vale muito a pena devido à qualidade do ensino ofertado.

Autor de oito dos poemas do livro, o representante dos estudantes, Danilo Duarte Costa, mencionou Clarice Lispector, considerada a sua grande referência literária, para afirmar que "escrever é uma maneira de trilhamos caminhos melhores. Escrever é o caminho para a liberdade". Para ele, esse livro é uma pequena amostra do que é feito no IFNMG, pois, além de Ciências e Tecnologia, aqui também produzimos Arte.

Mais do que uma “Noite de autógrafos”, o evento configurou-se como um espaço de celebração da palavra poética e da vida, além de demonstrar o resultado do ensino de excelência ofertado gratuitamente pelo IFNMG.

Fonte: IFNMG-Campus Montes Claros 

Fim do conteúdo da página